Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia a Dia do Poeta

Lenamais

Quando danço com minha alma
numa sintonia suave e calma
sinto remexer dentro do meu ser
os sentimentos em ebulição
crio asas e me solto num vôo livre
flutuo entre borbulhas de sabão
sem destino, sem chão
flutuando no tempo sem tempo
os ponteiros do relógio se perderam
o poeta faz o tempo dentro da poesia
gerada no ar, no vento, nas águas
brota do perfume de uma flor
ou mesmo de uma lágrima
que por ironia rola sorrindo
até mesmo quando esbarra
num dos desatinos da vida
com a alma machucada e vazia
refaz-se nos versos mesmo em agonia
até encontrar a fugitiva magia
dos sonhos brotarem alegria
deixando registradas suas marcas
numa simples e doce poesia

Rio de Janeiro/RJ

www.lenamais.com.br
Lenamais
Enviado por Lenamais em 21/10/2006
Código do texto: T269634
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lenamais
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
113 textos (8360 leituras)
7 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:54)
Lenamais