Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOR NÃO SE MEDE !

Por mais que te doa, a tua dor,
Seja física, emocional, moral ...
Jamais, em momento algum,
Serei capaz de compará-la à minha.

Por maior a compaixão que sinta por ti,
Nunca conseguirei em parte ou no todo,
Atenuá-la, compartilhá-la ou suportá-la.
Pois, da mesma forma, tenho minha própria dor.

A dor é individual, personalíssima e subjetiva.
Cada qual a suporta conforme o seu limiar.
E no organismo, as conseqüências deságuam,
Do ferimento, da perda, do arrependimento ...

Portanto, dor se respeita, mas não se mede !


Por Alexandre Boechat,
Em 21 de Outubro de 2006.
Alexandre Boechat
Enviado por Alexandre Boechat em 22/10/2006
Código do texto: T270595
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Boechat
Petrópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
72 textos (5634 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:29)
Alexandre Boechat