Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Encosta A Cadeira... 

O meu carinho a todos os poetas e as poetisas do Recanto das Letras.

Se assente amigo numa cadeira ao lado
Puxe uma prosa dessas que deixa o pôr-do-sol triste
Por partir e, ter que dar lugar às estrelas
Já que da tua conversa não se pede o fim...

Se assente aqui juntinho
Gosto da fala de pessoa inteligente
Que prende a gente a começar pelos ouvidos
Até deixar rastros no coração...

Pode ser amigo, um tema versejado se preferir
Ou quem sabe uma conversa que se jogou fora
E você a tenha recolhido
Separando o que não tinha sentido
E do resto se serviu...

Experiência é o que não lhe falta
Nesta prática de vida
Se tudo já foi experimentado não digo
Só digo que sentida sei que foi

Gosto de gente assim amigo, como você
Que sem assunto conta um causo
Que sem causo já tem causa o bastante
Para contar a inquietude de tua alma...

É amigo poeta...
Dessa prosa não abro mão
Isso não é tema para qualquer um
É só para quem fala com o coração!
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 22/10/2006
Reeditado em 22/10/2006
Código do texto: T270661

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14084 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:24)
ziza Silvestre