Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Papoilas

Vastos oceanos de escarlates papoilas,
Alagam as minhas pupilas rupestres,
Paisagens banhadas de virgens saloias,
Límpidas, com tons de dourados agrestes.

Leva a aragem silvestre do pastoril,
Em cadência alternada de um baile rubro,
As minhas preces escritas em tons anil,
Entre lágrimas solitárias de Outubro.

Lava os meus olhos com uma só paisagem,
Ó papoila desses campos alentejanos.
Dá-me o branco da cal, e o vermelho coragem,
Pra afrontar esta saudade de tantos anos.

(avril/2003)
Cristina Pires
Enviado por Cristina Pires em 23/06/2005
Código do texto: T27096

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristina Pires
França, 51 anos
87 textos (6700 leituras)
1 áudios (37 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:06)
Cristina Pires