Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Afago da Ilusão

Direi ao mundo que não existes
Negarei esta alegria pueril
Que borda meus lábios
Quando sorris em meu pensar
És uma invenção dos meus olhos
Um pretexto ao respirar dos sonhos
Ainda que o sol descerre
A cortina do meu despertar

Sim, direi que não existes
És um delírio das minhas mãos
Que te criaram para que as palavras
Inquietas e insones acariciem-se
Na curva dos meus dedos
E te anuncias em meus instantes
No além dentro de mim
No sempre que me conduz
Ao assombro de te sentir

Tu não existes, direi mais uma vez
És uma miragem, afago da ilusão
Inventado por meus passos
Para o trilhar de um destino
Menos escuro no caminho do tempo.
Porque é em ti que principia o sussurrar
Da fragrância de todas as cores
És apenas uma visão dos meus lábios
Para que o meu silêncio
Pudesse se despir...
 

Fernanda Guimarães


Visite "De Amores e Saudades - Fernanda Guimarães":
www.fernandaguimaraes.com.br

Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 28/01/2005
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T2725
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (64360 leituras)
9 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:22)
Fernanda Guimarães