Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inocência só na Infância

Pai,
hoje meu presente,
sou eu ausente.

Fugindo de nossa carranca recíproca,
ausentei-me.
Aprendi contigo.

Passado o tempo,
meu filho cresceu,
me olhou de frente,
e sorriu.

É passado o tempo que lhe sorri.
Presente meu pra ti?
Seu neto.
Sorriso nato.
Nossa face escrita com lábios de orelha a orelha.
marcelo qualquer
Enviado por marcelo qualquer em 24/10/2006
Código do texto: T272828
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
marcelo qualquer
Curitiba - Paraná - Brasil, 42 anos
23 textos (2287 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:18)