Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Senhor das Noites

Um mar sem fim de nostalgia
é o que de ti me separa.
O teu vulto dança
no trançado das minhas memórias
e tuas palavras ainda ecoam
no zumbido do vento manso
das minhas madrugadas
longas, tolas, despreocupadas...

Nem te ter, nem te olhar.
Prisioneira e calada
nas paredes dos meus pensamentos
também te encontro enjaulado
preso ao passado.

Abraço o amor que sinto
e beijo o teu sorriso
que não se perdeu
nesta lacuna do tempo
entre o viver e o sonhar.

Nado em águas revoltas
mas não perco o rumo.
Vou esquecer-me de ti,
único senhor das noites
que já não são minhas.
Cleide Canton
Enviado por Cleide Canton em 24/06/2005
Código do texto: T27314
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cleide Canton
São Paulo - São Paulo - Brasil
77 textos (3241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:50)
Cleide Canton