Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher

Síntese da síntese humana,
frágil e forte,
bela e fera.
Do seu ventre nasce o mundo,
nasce o homem
que julga tudo poder,
mas sucumbe à sua doce sedução.
Ela que era a “Amélia”,
motorista de fogão,
maestrina das panelas;
já não é mero utensílio de cama,
é mulher com letras garrafais,
é gente que sabe o que quer e faz,
é a guerreira do dia-a-dia,
um ser sofrido
que não perdeu a poesia
do seu doce ser.
Antonio Pereira APON
Enviado por Antonio Pereira APON em 29/10/2006
Reeditado em 14/07/2010
Código do texto: T276890

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://www.aponarte.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Pereira APON
Salvador - Bahia - Brasil, 52 anos
158 textos (33942 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:36)
Antonio Pereira APON