Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Giro

e é assim que tudo vai
sem saber se volta
dia que pinga aos poucos
o vento no rosto
um futuro impreciso
às beiradas de montes
sonhos jogados
que caem na cabeça de alguém
sua percepção é falha
porque não vê o essencial
que é estar aqui
e o momento que transita
que dura e perdura
na dureza de um mundo
que é seu, mas não só seu
que aqui existe, mas não só aqui
que não se acaba, mas desaba
algumas vezes inteiro
em cima de você
Fogo Selvagem
Enviado por Fogo Selvagem em 29/10/2006
Código do texto: T276911
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fogo Selvagem
Campinas - São Paulo - Brasil
288 textos (8602 leituras)
2 áudios (149 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:57)
Fogo Selvagem