Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em busca de paz

Inerte me coloco nesse momento
De paralisia total de sentimento
Sem a vitalidade da profissional
Vou buscar em meu interior a sentimental

Dessa inércia total que me proponho
Quero descobrir todos os anseios e medos
Ir ao âmago dessa reflexão interior
Para liberar espaço ao nosso amor

Necessito nessa introspecção  quebrar
Limites que impus para amar
Trazer liberdade para ouvir meu coração
Assim pronta estarei para uma paixão

Meus pensamentos partem em mil direções
Procurando incessantemente o meu libertar
Explorando mundos incógnitos até então
Dúvidas, medos, receios se apossam de mim

Me negam o direito de tentar mudar
Busco certezas e não as encontro
É sombrio meu interior
Fechado, lacrado para esse tipo de amor

Não será fácil em realidade transformar
O que sempre somente me foi permitido sonhar
Tento lutar contra preconceitos
Que eu mesma estabeleci
De senhora passei a escrava fiel
Me entreguei por inteira e não consegui

E após horas inteiras a refletir
Não consigo ainda concluir
Qual o caminho a percorrer
Sei que sozinha nunca conseguirei
Abrir tantos cadeados que coloquei


Tânia Regina Cardoso
SP 20/09/2002
Tânia Regina Cardoso
Enviado por Tânia Regina Cardoso em 25/06/2005
Código do texto: T27829
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Cardoso
São Paulo - São Paulo - Brasil
15 textos (547 leituras)
8 e-livros (226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:59)