Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espelho

No olhar a noite desenha-se
Imensa e profunda
Há um espreitar das tantas
Que me imaginam ser
Despertando a que não me sabe
Ou a que não me permito conhecer
Os olhos têm tantos truques
Disfarces e todos os embustes
Projetam-nos em imagens supostas
Sempre sobrepostas para confundir
Os olhares do espelho
Que nos reflete ao mundo

Mas as palavras que me habitam
Não me permitem hesitações
Às voltas com a caneta
Percorro-me em caminhos
Denuncio-me, exponho-me
E volto-me ao meu princípio e fim
Não há como silenciar
O caminho da idéia
O revelar da emoção
A inequívoca rendição
Quando as minhas mãos
Apenas tocam o teu nome

Fernanda Guimarães
www.fernandaguimaraes.com.br
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 26/06/2005
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T27870
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (64364 leituras)
9 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:12)
Fernanda Guimarães