Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANÇÃO PARA ELISA




Tens nesse olhar distante como a lua
A ânsia de um sonho inacabado,
A esquivez de um passarinho saltitante,
Quando aflito, se sente espionado.


Aonde irão teus olhos quando dormem?
Aonde irão teus olhos quando sonham?
Aonde vão teus olhos quando calam?
Aonde vão teus olhos quando clamas?


Olhar incerto que jorra tempestades
Quando queres lavar tuas lembranças,
Pingos de chuva que rolam pelas faces
Em momentos de calma e de esperança.


Olhar travesso que joga com as pestanas
Numa expressão ausente e taciturna.
Olhar que tanto diz e nada diz...
Segredos escondidos mas sem culpa.


Olhos que voam lentamente pelo espaço
Alcançando o céu azul, a amplidão...
O que ocultas tão forte nessa alma,
Quando alguém tenta entender teu coração?

 

Dedicado à poetisa Elisa Santos/2005




 

 
Ceres Marylise
Enviado por Ceres Marylise em 01/11/2006
Código do texto: T279655
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ceres Marylise
Itabuna - Bahia - Brasil
38 textos (1653 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:26)
Ceres Marylise