Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSO MEU


É verdade, chegastes mesmo perto.
Não de mim, pois bem sei me ocultar.
Tivestes perto, foi da melhor parte.
Minha herança do bem,o grande tesouro.

A verdade, é que chegastes perto...
Porque soubestes desvendar no meu olhar,
Aquilo que me fortalece, que me dá coragem,
Minha poesia, me tornando capaz de sonhar...

E quase, que foi teu o verso mais puro.
O mesmo... que já guardei em m’alma
Como guardo sempre nas páginas dos livros
As pétalas de uma perfumada flor.
Pois sei que nela... ele estará seguro.


(Rita Costa - 30.06.06 - Rio de Janeiro/RJ)
Natureza Poética
Enviado por Natureza Poética em 02/11/2006
Código do texto: T280561

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citando nome do autor, data, local e link de onde tirou o texto.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Natureza Poética
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
43 textos (3204 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:52)
Natureza Poética