Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No silênco na escuridão
Ana Maria Brasiliense


No meu silêncio ensurdecedor,
ouço o gotejar triste sem fim...
Na escuridão,
percebo a cor vermelho carmim,
são lágrimas sentidas
de meu coração.



 
Ana Maria Brasiliense
Enviado por Ana Maria Brasiliense em 03/11/2006
Reeditado em 25/11/2015
Código do texto: T280719
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Maria Brasiliense
Santos - São Paulo - Brasil
970 textos (41684 leituras)
16 áudios (1061 audições)
5 e-livros (289 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:09)
Ana Maria Brasiliense