Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mariposa


Pudesse percorrer esse vão entre as paredes
marcadas de quadros, molduras, fantasmas
tão desbotadas, tão aprisionadas de cor e de vida
rachada, manchada de tinta, tão demolida
sujar minhas mãos de terra batida molhada
infiltrada, buscando a saída
pudesse rasgar essa teia, essa lâmina
essa vaga, essa água tão dividida
essa anima piange, piove, diventa
essa l’altra que tenta...
pudesse romper esse estanho, tingir o castanho
cortar esse pelo, esse zelo
quebrar esse gelo, esse braço
pudesse pisar esse chão tão cheio de cacos
espelhos partidos, pontas de vidro, pedaços
pudesse catar essa sobra, esse resto, esse gesto
volver esse lixo, encarar esse bicho
essa fera acuada que espreita, que olha de lado
pudesse bater essas asas do vento
espalhar esse pó que brilha, que esfrega
que coça, que agita, aflita
mariposa que pousa, borboleta que voa
essa bruxa, essa fada, essa louca
que cega meus olhos
que abre minha boca
que canta, que sopra, que grita.

Cristina Nunes
Enviado por Cristina Nunes em 06/11/2006
Reeditado em 07/11/2006
Código do texto: T283604

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cristina Nunes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Mariposa - Cristina Nunes
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristina Nunes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
421 textos (32644 leituras)
9 áudios (1002 audições)
2 e-livros (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:55)
Cristina Nunes