Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ternura

Como não pressenti a ternura  do beijo desejado

nos rumores  pelos ares do corpo em festa ?

E na alma o pranto me consola.

Na insônia das madrugadas outonais

num mar de orquídeas e solidão

no aconchego de almofadas de seda

me consomem o apego e o desejo

de te amar.

Miriam Brasil
Enviado por Miriam Brasil em 07/11/2006
Código do texto: T284329
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Miriam Brasil
Curitiba - Paraná - Brasil, 55 anos
16 textos (162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:14)
Miriam Brasil