Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Impressões

 Vaguei solta sem rumo sozinha

tropeçando buscando alguém

que me curasse as feridas

E remexe-se meu íntimo no berro contido querendo acolhida

No caminho além das fronteiras te vejo surgir

para sussurrar em meus ouvidos:

" sei o amor quando mais ninguém o vê"

E acumulo nova derrota nessa luta que tanto fere.

E o saldo na canção da vida:o saque

de um bem-querer que só faz doer.

Miriam Brasil
Enviado por Miriam Brasil em 10/11/2006
Código do texto: T287974
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Miriam Brasil
Curitiba - Paraná - Brasil, 55 anos
16 textos (162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:52)
Miriam Brasil