Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANSEIOS DO DOMÍNIO

Hoje sou o saber do ontem

com a boca amarga do que fui

e, sinceramente

a luta da felicidade que procuro

com o espaço tão geral,

torna-se breve com a promessa do eternamente.

A força infinita do que hoje sou

não importa para os rouxinóis,

nem para as aves de rapina.

A mentalidade que hoje tenho

contrária a metamorfose

do bicho-da-seda

não se livrou do que é

para formar o encanto da madrugada,

com a relva da manhã

para inundar o ser.

A morte de cada dia

renasce o que sou

enquanto minha matéria

impõe a existência

no que se perdeu

nos ANSEIOS DO DOMÍNIO.

Joyso
Enviado por Joyso em 12/11/2006
Código do texto: T289527
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joyso
Espanha, 56 anos
5 textos (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:08)
Joyso