Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANTIGO NOVO PERIGO

Antigo Novo Perigo
                       Chico Steffanello

 
Lá vem ele imponente, rodando, rodando...
Crescendo, subindo, soprando,
Levantando tudo ao ar,
Bailando a gorda cintura para lá
E para cá
 
Redemoinho,
Roda medonho!
Levantando a poeira
Dos nossos sonhos...
 - Menino, vem cá !
Tem o capeta ai dentro !
 
Redemoinho,
Roda todos os nossos espantos,
Ginga a tua cintura
Espalhando nossos pensamentos.
 
Agora te vejo de frente!
Sem o capeta dentro de ti.
 
Vejo o pó que levantas
Na vastidão
Desta terra desolada.
                     
Sopra e sobes...
E a que altura chegas
Neste chão!
 
Talvez tivesse razão minha mãe:
...Tens o capeta dentro de ti!
 
O vejo se retorcendo,
Bailando uma
Ciranda,
De mãos dadas
Com todos os espíritos
De todas
As
Árvores mortas
Neste
Chão.
 
Roda,
Moinho,
Roda!
Chico Steffanello
Enviado por Chico Steffanello em 30/01/2005
Código do texto: T2909

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chico Steffanello
Sinop - Mato Grosso - Brasil, 58 anos
246 textos (30632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 22:54)
Chico Steffanello