Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uns olhos que vi

Acomodar meus olhos
Nos teus em lágrimas
É me encharcar na gota
Em partida que vais,
Em saída que és,
Em segredo que tens.
Um favo te persegue em barra
De fuga em sorte,
Metade de ti te segue
Em passo pequeno de rastro.
Um teu botão se abre
E desabrocha tua ruga.

Acomodar meus olhos nos teus
Pequenos em lágrimas,
Enquanto calas o laço
No véu que te encobre
Em nó mudo que tens,
Em falas que és,
Em pranto que vais.
Um favo te amarra a fímbria
Da saia em fuga.
Metade de ti te rega
Em sorriso desejo de paz.
Um teu botão floresce...
E teus olhos partem...
Antonio Antunes
Enviado por Antonio Antunes em 14/11/2006
Código do texto: T291242
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Antunes
Reino Unido, 41 anos
41 textos (868 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:34)
Antonio Antunes