Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTATUA


Uma imagem sem vida,
que escutou uma conversa ocorrida. Uma estatua.
Creio que ela tem segredos sabidos e confessados jamais.
Uma estatua que nao pode falar. Ouve. Muito escuta.
Sobre mais ainda,
nao faz luta para ouvir uma conversa linda,
igual aquela que escutei,
aprender a conversa
para ela nao vale um vintem,
mas eu ...
daria tudo para que fale essa estatua
e me conte a conversa de alguem.

Estatua
Tu es fonte de falas, sorrisos, cantigas, lamentos, avisos.
Oh estatua amiga:
contarias a mim, retalhos de conversa antiga?

Uma antiga,
bem antiga conversa cheia de atalhos,
com o objetivo de servir a si mesma
como incentivo ardente em uma busca altaneira,
de uma verdadeira estatistica na ciencia do bem querer...
Contarias?

Como ves estatua,
sou ainda crianca
nessa tolice de pensar,
se haveria esperanca em te fazer falar...
esta minha lembranca!

Bem sei que uma estatua eh uma imagem sem vida,
como a foto que retrata a paisagem colorida,
muito entretanto,
sem aprumada verdade.
... O tempo nao corre tanto?
Quem sabe em alguma idade conseguirei recordar
imagens de outras conversas
que afora vou decorar.

Entao minha estatua, sera como se eu te houver feito falar
... esta minha lembranca!
Porque apesar do defeito de nao relembrar aquela conversa antiga,
nao posso te abandonar, minha amiga
... mesmo porque tu es toda a minha historia!
Oh!
Essa minha lembranca! como tola sou, que inseguranca...
Estatua?
Es a minha memoria?
Rosalice de Araujo Scherffius
Enviado por Rosalice de Araujo Scherffius em 29/06/2005
Código do texto: T29156
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosalice de Araujo Scherffius
Estados Unidos
5 textos (436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:40)