Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Força Motriz



Força motriz


Quando na incerteza, o  deserto esconder o oásis dos  sonhos cristalinos, no ar buscarei o alimento que aquieta,  para que meus passos sejam suaves  impedindo que a areia  sufoque.

Quando na indecisão, o  oceano  se apresentar qual  placas lodosas, enganando a visão,  trarei do ar a cor  do vento, me envolvendo em seu sussurro  que é um acalanto para a alma.

Quando no medo, o coração aflito  sucumbir a clareza, rasgarei o véu do tempo  em busca da fortaleza que  deu som aos  passos na direção que  levaria a acalmaria, transformando a noite em dia.

Quando na desconfiança, meus sonhos escoarem  qual areia na ampulheta, findando o  enlevo da infância de porcelana, trarei  o som do tempo guardado na mente, sempre vivo e presente.

Quando na dor, a mente não discernir a perola negra  encoberta pela poeira do tempo, cegarei meus olhos  no silencio da alma, pois,  já não serei digna da visão ancestral.

Quando no Bardo, luzes brilhantes indicarem o caminho da volta, transformarei o som da espera infinita, em brilhantes demarcações pelos túneis finitos que se quedam   no inicial.

JBazani


Buscadora
Enviado por Buscadora em 15/11/2006
Código do texto: T292104
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Buscadora
Imbituba - Santa Catarina - Brasil
57 textos (3886 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:54)
Buscadora