Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

└ Toa


À toa

Sou algo quieto,
Seguindo uma brisa suave,
Sem intenção alguma.
Desloco-me por aí, assim,
Quase sem existir.
Aconteço como o espectro de uma verdade,
Maravilhosamente alegre e,
Incrívelmente só.
Nem sei se esta dor é só minha,
Pois a nada pertenço, nem possuo;
Sem esperar doar-me,
Estou em pleno encontro.
Marise Cardoso Lomba
Enviado por Marise Cardoso Lomba em 30/06/2005
Cˇdigo do texto: T29287
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marise Cardoso Lomba
Resende - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
43 textos (2480 leituras)
1 e-livros (40 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 23/11/17 18:41)
Marise Cardoso Lomba