Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tarde de chuva

Como fazer ele enxergar?
Sem totalmente me entregar
Grande mistério
Que faz eu querer cada dia mais seus lábios beijar
Seus passos são lentos
São poucas as demosntrações de afeto
E o tempo não para de passar
Me atormentando
Me fazendo sonhar
Te querer não é o bastante
Talves nem saiba
Tenho medo de falar
Tento ser diferente pelomenos uma vez
E meus impulsos seguras
Deixando entalado aqui na garganta
As palavras
Tudo que eu penso em dizer
Só para evitar sofrer
Nos pensamentos ele me acompanha
Com o mesmo sorriso daquela madrugada estranha
Seus olhos e olhares
Que dizem coisas banais
Desejos que pretendo revelar
Paixão que começa se mostrar
Dentro de mim apenas
Nas tardes de chuva
Que com ele queria estar
Borboleta da noite
Enviado por Borboleta da noite em 17/11/2006
Código do texto: T293997
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Borboleta da noite
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 30 anos
320 textos (14226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:37)
Borboleta da noite