Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vale das sombras

Eu atravessei
os meus medos e receios
Caminhei
entre arbustos e espinhos
Desbravei
o desconhecido em seu interior
E errei
sem gosto e sem razão

Eu estive
ao seu lado, ainda que não me visse
E rezava
toda noite, ainda que ninguém me ouvisse
E chorei
ainda que ninguém acreditasse

Eu continuei
prossegui no Vale das sombras
Me entreguei
sem esperança ou coragem
Me rendi
Não quis ser heroína
Eu só vivi
do melhor jeito que pude

Hoje eu sei
pode não ter sido suficiente
Eu senti
aquilo que pouca gente sente
Descobri
que a gente não é só aquilo que sabemos
E parei
porque já ficava tarde demais
Cheguei
ao fim do mundo e não tinha pra onde voltar

Eu acreditei
juro, algum dia aconteceu
E terminei
sozinha e ferida, mas algo valeu
Fogo Selvagem
Enviado por Fogo Selvagem em 20/11/2006
Código do texto: T296815
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fogo Selvagem
Campinas - São Paulo - Brasil
288 textos (8602 leituras)
2 áudios (149 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:40)
Fogo Selvagem