Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fazer Versos

Eu faço versos assim
como quem respira ou canta.
A poesia nasce em mim
como do chão nasce a planta.

Falo nos versos da vida
e assim alivia minha dor.
Alivia ao falar da tristeza
e principalmente do amor.

Amor que sinto não ter
por mim e pelo mundo.
E tristeza que tento esconder
e tapar bem la no fundo.

No fundo da minha alma
está minha verdadeira face.
E a chama da esperança
um sentimento que renasce.

Os versos que eu faço
são feitos com quem chora.
E quando acabo de escreve-los
sinto saudades de agora.

Falo nos versos da infância
minha infância que acabou.
Um rio que não mais existe
porque a água já secou.

Falo nos versos do mar
do Sol, da noite e da Lua.
Faço versos como as crianças
brincam de bola na rua.

Versos que sempre mantenho
o meu lema fiel:
vou escrever versos
até lá no céu.

Nito

Nito
Enviado por Nito em 22/11/2006
Reeditado em 22/11/2006
Código do texto: T297958
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nito
São Paulo - São Paulo - Brasil, 31 anos
12 textos (289 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:39)
Nito