Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM SIMPLES POETA...

UM SIMPLES POETA TRISTE OLHANDO PRO MAR
SENTADO NUMA PEDRA EM ALGUM LUGAR,
OLHANDO O HORIZONTE SEM SE PREOCUPAR
A COR DO POR DO SOL PARECE ENCANTAR.

E ELE ALI PERMANECE IMÓVEL SEM NADA FALAR,
DEIXANDO A BELEZA DO MUNDO POR SI CONFERSAR
DEIXANDO QUE AS ONDAS ESCREVAM E APAGUE POR LÁ
POEMAS, ROMANCES E PROSAS NA AREIA E NO MAR.

E AS HORAS PASSAM EOS VENTOS COMEÇAM SE ACALMAR
E O POETA TRISTE AINDA NO MESMO LUGAR,
COM O DEDO LENTAMENTE NA AREIA PARECE DESENHAR
O ROSTO CANSADO E TRISTE DE UM HOMEM A CHORAR.

E AQUELE POETA NÃO TEM NOME NEM LUGAR,
APENAS VAGA, SOZINHO PELO MUNDO A SE LAMENTAR,
E A SUA TRISTEZA É PELO MUNDO QUE AI ESTÁ
E PELA VIDA QUE VAI E VEM COMO ONDAS NO MAR.
Renato Souza Amaral
Enviado por Renato Souza Amaral em 22/11/2006
Código do texto: T298133
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Renato Souza Amaral
Porto Seguro - Bahia - Brasil
45 textos (3754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:23)
Renato Souza Amaral