Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Relatividade

Se soltarmos um caderno e uma folha
Em direção ao chão separados
O caderno chegará rápido e com força
E o outro item chegará atrasado

Mas se tirarmos o efeito do ar
E os dois itens para o chão atirar
A velocidade dos dois será constante
E a chegada se dará no mesmo instante

Se colocarmos a folha em cima do caderno
Mesmo com o efeito do ar os dois chegam iguais
Assim somos todos nós disso estou certo
Alguns com mentes humanas e ação de irracionais

Cicrano julga fulano pelo erro que cometeu
Mas não vê que o beltrano sofre pelo erro seu
É necessário primeiro o cisco do nosso olho tirar
Pra depois o cisco do olho do nosso vizinho olhar

Em tudo existe a lei da relatividade
Se estou errado porque me esqueci
Estarás errado porque não me lembraste
E o ar será o mal que todos sentimos
Onde com ele ou sem ele estaremos todos nós,
Estejamos em multidões ou estejamos a sós
Vulneráveis às armadilhas do nosso destino

 
Luiz Carlos Farias
Enviado por Luiz Carlos Farias em 24/11/2006
Reeditado em 25/11/2006
Código do texto: T299861
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Usar a minha obra para fins não lucrativos) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Carlos Farias
São Paulo - São Paulo - Brasil, 50 anos
135 textos (7327 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:40)
Luiz Carlos Farias