Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEIXA-ME ODIAR O AMOR

  DEIXA-ME ODIAR O AMOR

 

DEIXA QUE EU VIVA MINHA DOR,

LAMENTE MINHAS PERDAS

E AMARGUE MINHA IRA

DEIXE CHORAR MINHAS LAGRIMAS

AJOELHADO NO CANTO DESPETALANDO UMA FLOR

 

 

QUERO RASGAR O MEU PEITO

EM MEIO A LAMENTOS PODER SUFOCAR

PRENDER MEU SUSPIRO FICANCO SEM AR

DEFINHANDO POUCO A POUCO PRA ME MATAR

ENQUANTO ME ARREPENDO DE OLHAR NO TEU OLHAR

 

 

LAVO MINHA BOCA QUE DA TUA BROVOU

ENQUANTO DE VOZ ROUCA SUSSURO SEU NOME

E PERDIDO NA INCONSTANCIA DOS MEUS SENTIMENTOS

ACABO POR ODIAR O AMOR QUE AINDA SINTO

 POR QUEM NÃO ME AMOU

LAMENTO AINDA TER VIDA TEMENDO UMA RECAIDA

 NO MOMENTO DE TE ENCONTRAR

ESBRAVEJO SUA EXISTENCIA, SUFOCANDO ESTA CARENCIA

CERTO DE AINDA TE AMAR.

 

PI OANJODEFOGO
Enviado por PI OANJODEFOGO em 26/11/2006
Código do texto: T302165

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PI OANJODEFOGO
Cabrália Paulista - São Paulo - Brasil, 54 anos
67 textos (3135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:42)