Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SEGREDO DA TEODORA



segredo, guardo algo que não comento,
nem a chuva, nem ao sol ,nem ao vento,
que me traz dor e também lamento,
segredo...algo só meu,triste..talvez,
guardar algo pra si...quem não o fez?
 
 
sigilo tenho comigo guardado no peito,
guardo por mim ou por quem respeito,
mas falar agora ja não sei se é direito,
não sei se importante ou se apenas confeito,
ja penso se tal coisa é errada ou se é direito;
 
 
há !...que se dane a vaidade humana agora,
de que vale o segredo se com ele perco a hora,
se me traz medo e o medo só me apavora,
que honra tem este soldado triste que chora,
que se dane o mundo neste momento aqui e agora;
 
 
curiosos perdi a rima,quero jogar tudo fora!
vai dia,vai noite ,e até o romper da aurora,
estou fascinado por alguem que me adora,
sinto mas não ha como negar agora,
se me queres vem comigo se não queres vou embora,
 
 
mas digo ao mundo aos quatro cantos afora,
não encare como traição, mas como amor que estoura,
se ja tens alguem em sua vida, negue tudo não demora,
pois grito bem alto seu nome,Teodora...Teodora...Teodora,
minha amiga,minha flor,meu calice de bem querer...minha senhora.
PI OANJODEFOGO
Enviado por PI OANJODEFOGO em 28/11/2006
Código do texto: T303654

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PI OANJODEFOGO
Cabrália Paulista - São Paulo - Brasil, 54 anos
67 textos (3139 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:37)