Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tentativas flácidas

Criei um atalho tentando chegar
À tão cobiçada eternidade
Perdi pontos querendo ser anjo
Ganhei a companhia da insanidade

Tentei arrancar todas as grades
Essa foi a minha maior falha
Querer libertar a vontade
De ser forte como uma navalha

Enganei meu “eu” criança
Com viagens e muita festa
Por que é tão difícil entender
Que tudo que vem fácil não presta

Pior de tudo é que ainda
Faço o que meu coração mandar
Sei que a fogueira do orgulho é alta
Mas mesmo assim eu vou pular.
Cláudio Oiticica
Enviado por Cláudio Oiticica em 29/11/2006
Código do texto: T304640
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cláudio Oiticica
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
17 textos (434 leituras)
5 áudios (951 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:27)
Cláudio Oiticica