Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pequena


Desde que o mundo cresceu e eu fiquei pequena
dei prá perder o chão, prá entornar o caldo
prá dizer besteira e até palavrão...
passei a procurar agulhas no palheiro
e eu que nem sei costurar
passei a alinhavar rasgos nas minhas sedas
pregar botão, bordar segredos
fazer bainhas nas vestes da solidão...
passei a perder a hora, perder o prumo
a ficar lenta, meio sem rumo
meio tonta passei da conta de me perder...
desde que fiquei sem chão
entornei o mundo e passei a deslizar
a levitar como num sono profundo
passei a contar estrelas na palma da mão
a orbitar meus olhos em volta da lua
a cometer uns astros, ensaiar uns atos
passei a me estender, a me esticar
dei prá tentar alcançar...
mas quanto mais me estico
mais pequena eu fico...


Cristina Nunes
Enviado por Cristina Nunes em 29/11/2006
Código do texto: T304710

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cristina Nunes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristina Nunes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
421 textos (32646 leituras)
9 áudios (1002 audições)
2 e-livros (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:18)
Cristina Nunes