Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MENINA-MULHER DE GUERRA




EM UM DIA FOSTE FLOR,
NO OUTRO CHAMADA DE AMOR,
HOJE VIVES MERGULHADA EM DOR.
 
 
OS SONHOS FORAM DESFEITOS,
ALIMENTASTE OS PRECONCEITOS
OS QUAIS O HOMEM SE FAZ SENHOR
 
 
NO PALCO DA VIDA A LUZ SE FOI
A DAMA DA RUA SE APRESENTOU
E O APLAUSO FINGIDO JA SE ACABOU
 
 
MENINA-MULHER DE GUERRA,
CHORA AO LEMBRAR QUEM ERA,
TENTANDO ILUDIR-SE COM O ESPELHO...
DEMASIADAMENTE FRANCO NO QUE MOSTRA.
 
 
ONDE ESTA TUA BELEZA AGORA?
BELEZA QUE JOGASTE FORA,
ENQUANTO SE DESPIA POR POUCOS TOSTÕES,
O TEU CORPO QUE PERDEU A FORMA ALEGRANDO A GAROTÕES
HOJE TEM RUGAS, MARCAS DE UMA VIDA ENTREGUE A QUARENTÕES,
QUEM HA DE QUERER TEU RESTO,  A MIGALHA DE TI MENINA MARIPOSA
SE QUANDO PUDESTE TE NEGASTE A SER FIEL A QUEM QUIS TE FAZER ESPOSA.
 
PI OANJODEFOGO
Enviado por PI OANJODEFOGO em 01/12/2006
Código do texto: T306549

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PI OANJODEFOGO
Cabrália Paulista - São Paulo - Brasil, 54 anos
67 textos (3135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:51)