Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRIMEIRA LÁGRIMA DE AMOR

Minha primeira lágrima verti
De amor, e na fusão de dor e espanto,
Deixei que me corresse em paz o pranto
E em soluços clamei em vão por ti.

No trilho desta lágrima, entretanto,
Conter o meu pesar não consegui,
Pois tudo que fascina e que sorri
De nada vale, diante o teu encanto.

E de ti não me afasto nem me ausento:
Se esta lágrima te é oferecida,
Pertence-te também meu sofrimento.

Sanção por desejar o que desejo,
Ai, pudera esta lágrima vertida
Secar-se pelo fogo do teu beijo!...
B S Pereira
Enviado por B S Pereira em 10/07/2005
Código do texto: T32750
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
B S Pereira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
10 textos (3973 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:48)
B S Pereira