Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO - II

Entender não consigo o que é isso
Que ocupa minha mente já faz dias:
Um misto de espontâneas alegrias,
E um laivo adocicado de feitiço...

Somente a procedência desse viço,
Que nutre tão estranha fantasia,
Sei qual é, e tu mesma saberias,
Se meus lábios radiassem teu sorriso.

Mas não serão, talvez, esses efeitos
Presságios de um pungente sentimento,
De encobertos espinhos todo feito?

Rejeito, porém, tal pesar aflito,
E me flagro em total deslumbramento
Buscando nos teus olhos o Infinito...
B S Pereira
Enviado por B S Pereira em 10/07/2005
Código do texto: T32760
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
B S Pereira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
10 textos (3972 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:33)
B S Pereira