Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAPATOS

Meus sapatos gritam
um grito de beira de cama, de abismo
aberto e franco
branco, preto ou amarelo ouro
dependendo do tipo de couro.

O tênis boquiaberto
não sei se ri ou morre asfixiado,
pois não tem olhos,
 garganta à mostra,
língua esticada de enforcado.

O par de saltos altos
em dueto, interpretam ópera
silenciosa.

Sempre aos pares
os mesmos gritos no quarto
acordando os meus íntimos conflitos
no despertar
em trabalho de parto
da manhã.
Tórtoro
Enviado por Tórtoro em 13/07/2005
Código do texto: T33824
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tórtoro
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 67 anos
176 textos (27932 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:49)
Tórtoro