Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Menina de Cristal

A menina de cristal
Quebrou-se em minhas mãos

Eu a vi
Eu a senti

Coraçãozinho em mil pedaços
Do tamanho de seus pequenos olhos

Eu vi
Eu senti
Tão brilhosos

Estava tão bem antes
Guardada em uma caixinha
Estava segura

Por que fui incomodá-la?
Por que inventei de segurá-la?
Tão inocente para minhas mãos
Tão pura

Ainda fiz o que pude
Para recuperar seus pedacinhos

Eu tentei
Eu muito tentei

O corpo inteiro em vidro quebrado
Seu rosto está tão machucado

Eu tentei
Eu juro que tentei
Fui muito fraco

Antes estava melhor
Antes ela era intocada
Cercas de inocência

Por que fui admirá-la?
Por que inventei de tocá-la?
Tantas vezes consegui me afastar
Hoje não dei importância

Como se fossem milhares de lágrimas
Milhares de pequenas lágrimas
Como se eu fosse o culpado

Mas eu sou o culpado de tudo isso
Pobre menininha de cristal
Eu nunca devia tê-la tocado

Mas como poderia entender
Que ela não era para mim?
Fosse comigo ou outro alguém
Isso iria acontecer

Mas, se alguém mais sentiu ou não
Se alguém mais a viu
Sei que sou o único culpado

Um coração está em mil pedaços
E o meu se quebrou também
Ninguém mandou eu ter me apaixonado
Sigur
Enviado por Sigur em 15/07/2005
Código do texto: T34452
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sigur
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 32 anos
3 textos (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:10)