Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MADRUGADA

É por meio de um silêncio
Que chegas a mim,
Sob a luz desmaiada da lua:
És orvalho na minha madrugada.

Esse amor que ora se entrega
Manso e devoto,
E que outrora se negou
Às minhas preces,
Vive, íntimo dos meus lábios,
Muito além da memória de ti.

Vibro na vitória do teu beijo
Que dilacera essa manhã,
Vencendo o tempo:
E toda a minha agonia.

© Jean-Pierre Barakat, 18.03.2004
Jean Pierre Barakat
Enviado por Jean Pierre Barakat em 05/02/2005
Código do texto: T3500
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Pierre Barakat
Fortaleza - Ceará - Brasil, 53 anos
111 textos (4955 leituras)
1 e-livros (96 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 05:25)
Jean Pierre Barakat