Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E DAÍ?

E Dai?





         Não te escondestes amiga,

         de mim ou de outrem qualquer,

         apenas te escondes,

         do medo que te faz mulher.

 

         Usastes o que era preciso,

         pessoas, vidas e almas,

         mas do uso que fizestes

         ao apagares as chamas,

         restam muito mais agora que antes,

         presentes em mim como enlace

         as palavras que disseste

         mesmo sem saber que o dizias:

         somos amigos e na verdade amantes.

 

         E do teu medo que escondes

de ser mulher apenas mulher

longe dos devaneios

e das viagens vãs e inglórias

pelos dons especiais

simplesmente te resta agora

perceber que todos são mortais.

Vai amiga e vá em frente

Eu também continuo indo

E te digo como antes

sem medo de falar de amor
Humberto Amancio
Enviado por Humberto Amancio em 18/07/2005
Código do texto: T35263
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Humberto Amancio
Amparo - São Paulo - Brasil, 62 anos
6 textos (256 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:22)