Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Procurando

A muito tempo procuro,
procuro alguém que não encontro,
alguém que diga para mim
com um sorriso tudo o que sente.
Abro a porta de meu quarto,
chamo...
ninguém responde,
só tem vazio e a escuridão,
não tem problema estou acostumado com isso,
trancado no meu quarto eu senti,
senti como vive um ermitão
que contempla as planícies.
Eu aqui sozinho
contemplo o vazio,
que entra em minha mente
toma conta de meu corpo.
Tento ser mais forte que tudo, mas não consigo.
Sou apenas uma carcaça humana
perdida encima de uma cama.
“Estou aberto, ninguém quer entrar
para tentar ajudar.”
Espero que alguém entre no vazio
e preencha com amor,
porque é a única coisa que poderá ma acordar,
quem sabe até um simples e belo sorriso
ao me encontrar.

Mais poesias em:
http://insanoscaminhos.blogspot.com
FaBytO
Enviado por FaBytO em 26/01/2007
Código do texto: T359109
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FaBytO
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 37 anos
44 textos (1171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 10:29)
FaBytO