Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEGADO DE UM POETA

LEGADO DE UM POETA
Mercedes Pordeus
Recife/PE


Poeta morre ou não morre?
Poeta morre, eis que é um ser humano,
Após seu corpo nos deixar, pois é matéria.
E indo ao encontro do infinito sua alma.
 
Poeta morre...
Se não nos deixar seus desejos e pensamentos
Em escritos... e não como folhas ao vento.
Se não teceu sua alma em letras de ouro
Transpondo gerações como especial tesouro.
 
Poeta não morre...
Quando deixa que transbordem seus sentimentos
Ainda que sejam para mostrar seus lamentos.
Ou mesmo, deixar transparecer seus tormentos.
Sua alegria e tristeza, enfim os seus momentos.
 
Poeta não morre...
Isso vemos em tantos poetas consagrados.
Suas obras passam sempre como legado
De pai para filhos...gerações a gerações.
Vive poeta, não morre deixa de contradição.
 
20/04/2005
Mercedes Pordeus
Enviado por Mercedes Pordeus em 24/07/2005
Código do texto: T37174
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mercedes Pordeus
Recife - Pernambuco - Brasil, 61 anos
66 textos (5834 leituras)
5 áudios (198 audições)
9 e-livros (699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:22)
Mercedes Pordeus