Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Volúvel

Volúvel


O destino mandou-me
passar em sua rua
Não ouvi a voz que disse,
nem tão pouco da tolice.
Que me fez assim tão nua.

O destino mandou-me
pousar em teu olhar.
Não ouvi a voz que disse,
nem tão pouco da tolice
Que guiou o meu pensar.

O destino mandou-me
sair da sua vida.
Não ouvi a voz que disse,
em tão pouco da tolice
Que vive á tagarelar

Ó destino deslavado!
Pelo certo, pelo errado,
prefiro ficar do lado
sperando ele passar


    Branca Tirollo
limaodoce
Enviado por limaodoce em 30/07/2005
Reeditado em 14/10/2008
Código do texto: T38923
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
limaodoce
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
147 textos (10354 leituras)
4 áudios (215 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:10)
limaodoce