Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ASSIM MORREU SASAKI

Na praia de uma ilha não tão longe do continente,
Na areia quente, sob o sol de um dia de verão,
Com a brisa batendo em seu corpo, Sasaki meditava,
Quando viu seu oponente que chegava, com apenas um remo na mão.

O duelo fora marcado por pessoas que não conhecia,
Mas isso não desmerecia a relevância do acontecimento.
Sempre soube o que o destino poderia lhe oferecer.
Matar ou morrer era a única lei de que tinha conhecimento.

O adversário era uma figura que vivia apenas no seu imaginário.
Um guerreiro solitário, herói aos olhos dos que o viram lutar.
Sua fama o precedia em qualquer lugar daquela terra distante
E nem mesmo sua vida errante poderia sua reputação apagar.

Musashi saltou do barco e cravou seus pés na areia macia.
O ar em volta tremia e as palmeiras tinham cheiro de morte.
Naquela arena natural onde dispensavam-se os rituais,
Aqueles dois samurais jogariam mais uma partida com a sorte.

Por um momento, Sasaki anteviu o final daquela luta...
Talvez pela força bruta que Musashi lhe lançava apenas com o olhar.
Pensou em desistir, continuar vivendo e admitir o valor do oponente,
Abraçando o desejo latente de, talvez um dia, seu aprendiz se tornar.

Mas o tempo jogou contra a vontade de Sasaki Kojiro
E com apenas um giro, Musashi desferiu o golpe fatal.
Sasaki pagava pela vida de soberba, erros do passado.
Um herói desde o início fadado a falhar na busca de ser imortal.


(inspirado na descrição de Eiji Yoshikawa sobre o duelo entre Miyamoto Musashi e Sasaki Kojiro na província de Bunzen, Japão, em 1612)
Rafael Zanette
Enviado por Rafael Zanette em 04/08/2005
Reeditado em 04/08/2005
Código do texto: T40235

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Zanette
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
52 textos (3630 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:38)
Rafael Zanette