Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR PRÓPRIO!!!

HOJE AO ME LEVANTAR
OLHEI-ME ATENTAMENTE NO ESPELHO,
TALVEZ COM UM POUCO MAIS DE SINCERIDADE
DO QUE DAS ULTIMAS MIL VEZES  EM QUE ME REFLITI.

ESTAVA LÁ EU A ME OLHAR
QUANDO ME PERGUNTEI:
O QUE EU QUERO?

MEUS OLHOS ENTÃO BRILHARAM
E EU FUI LISTANDO TUDO O QUE
MAIS QUERO:

UM AMIGO VERDADEIRO; QUE NÃO ACHE QUE SOU AMIGO
SÓ QUANDO O CONVEM  TER, MAS QUE SEJA TAMBÉM MEU AMIGO
EM TODAS AS HORAS MESMO QUE NA HORA QUE EU ACHE QUE MAIS PRECISO DELE O SINTA POR PERTO MESMO ELE ESTANDO LONGE OU OCUPADO, PORÉM POSSO SENTIR SUA MÃO AMIGA ME ACALMANDO.

UM DIA LIVRE: PARA CORRE NO PARQUE, ANDAR SEM RUMO
SEM SUSTOS, SEM MEDO, SEM HORA PRA TERMINAR.
ANDAR ATÉ ME ENCONTRAR...
ANDAR DESCALÇA E SENTIR A GRAMA, A AREIA, O SOLO
AS PEDRAS.
SENTIR O SOL, O VENTO BEIJANDO A MINHA FACE,
DAR BOM DIA, BOA TARDE OU BOA NOITE AOS QUE POR MIM PASSAR.

QUERO DINHEIRO NÃO PARA SER MINHA PERDIÇÃO
MAS APENAS SE FAZ PRECISO NESSE MUNDO EM QUE VIVO
ESSE TALVEZ RESOLVESSE MUITAS COISAS QUE AGORA ME FAZEM
PERDE O SONO, OS DESEJOS, ADIAR OS SONHOS.
FAZE-ME TER PESADELOS.
NÃO QUERO MUITO DINHEIRO,
QUERO O SUFICIENTE PRA VIVER
E PARAR DE SOBRE-VIVER AS REGRAS
INVENTADAS PARA QUE EU SEJA RECONHECIDA
COMO PARTE DO MUNDO.

QUERO SAÚDE: PARA SABOREAR OS PRATOS
ESCALAR MONTANHAS SEM ME CANSAR
CORRE COM AS CRIANÇAS MESMO SENDO VINTE E POUCOS ANOS
MAS VELHA QUE ELAS.
SAÚDE PARA RESPIRAR FUNDO O AR
AINDA NÃO POLUÍDO DE ONDE MORO;
NADAR PISCINAS, MARES, LAGOS E RIOS.

QUERO AMOR: ESSE SIM QUERO MUITO
NA VERDADE AMOR EU ATÉ JÁ TENHO,
APRENDI QUE AMA-SE DE VARIAS FORMAS E MANEIRAS
AMOR DE FILHO PARA COM OS PAIS E FAMILIARES
AMOR DE AMIGO.
AMOR PELOS ANIMAIS E A NATUREZA.
AMOR PELA POESIA E PELOS MILHARES DE LIVROS,
AMOR PELA BOA MUSICA, PELA DANÇA PELA CULTURA
DO MEU PAÍS.
AMOR DE CRIANÇA; DE MENINA E DE MULHER.
AMOR DE MÃE ESSE SIM QUERO TE-LO INCONDICIONALMENTE
PORÉM COM SABEDORIA E JUSTIÇA.
O AMOR DE MEU AMOR ESSE NÃO SEI SE AINDA POSSO TE-LO
MAS SE PUDESSE ESCOLHER E SE SOMENTE DE MIM DEPENDESSE
A ESCOLHA DE TE-LO
SIM DIRIA SIM
SEM MEDO
SEM DIA
SEM HORA
SEM PRESSA
SEM MENTIRAS
SEM DESCULPAS
SEM PASSADO DOLOROSO
AGORA OLHANDO PARA MINHA IMAGEM NO ESPELHO
VEJO LÁGRIMAS SENDO SUGADA PELOS POROS
DE MEU ROSTO, POIS AINDA NÃO TENHO O AMOR
DE QUEM MAIS AMO ... O MEU AMOR PRÓPIO !!!
Janaina Gama
Enviado por Janaina Gama em 08/08/2005
Reeditado em 25/11/2009
Código do texto: T41239

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Janaina Gama
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 39 anos
140 textos (6197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:07)
Janaina Gama