Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ausência de ser o mesmo


Sem nenhuma razão a mais
além de tudo o que possa fazer sentido
descabi-me desse tonal desacorrentado
empetirgado,
saturado do que muito aparenta
desacendido fulgor
Além de costurados significantes
injetei palavras em calcanhares flechados

Penso em não pensar em mim
durante o ermo que minhas pegadas febris
expurgadas, sudorizadas, desconcertam trilhas

Sonhei-me perdido
acordei homem peixe
fundi-me ao oceano
que me atrai
que amedronta meus medos

Nada é como nunca deixou de ser
enquanto meu coração
queda d´água
despeja  energia
a procura de usina
Estação transformadora
em luz que nos acende
na sala de espera
do mais que profundo

E os dias correm...

E o tempo finda
a procura de inícios
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 09/08/2005
Código do texto: T41423
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
199 textos (8377 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:40)
leandro Soriano