Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO TUDO DORME




Oh que noite enorme
quando tudo dorme!
Sento-me no fundo
de mim… e o que ouço?
Que é mágico o mundo!
O fel e o desgosto
risco do papel
afogo num poço…
No amor e no mel
mergulho o meu rosto

Bebo na raiz
da árvore frondosa
vida e temperança
e como um petiz
furtando uma rosa
aspiro a inocência
toco a adolescência
verde e descuidosa…
Retorno à criança
que fui… tão feliz!

Oh que noite linda
que doçura infinda
que ternos seus beijos!
Dos tempos da infância
afago os desejos
sorvo-lhe a fragrância…
Na noite sem escolhos
sou meu imo aceite
que em terno deleite
vem cerrar-me os olhos.


Carmo Vasconcelos
Enviado por Carmo Vasconcelos em 09/08/2005
Código do texto: T41569
Classificação de conteúdo: seguro

Áudio
QUANDO TUDO DORME - Carmo Vasconcelos
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmo Vasconcelos
Lisboa - Lisboa - Portugal
203 textos (15408 leituras)
62 áudios (7662 audições)
15 e-livros (1368 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:23)
Carmo Vasconcelos