Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RIO ESTAGNADO


Essas águas paradas
do rio
não correm
tal como as idéias presas
na memória

Tudo devia fluir
como um rio desdobrável

Folhas soltas
de papel ainda não escrito
também estão paradas
nos limites de um copo d’água
— como um poema
que não surge
com o adormecer da tarde



Fernando Tanajura
Enviado por Fernando Tanajura em 10/08/2005
Código do texto: T41821
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernando Tanajura). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Tanajura
Estados Unidos
1466 textos (154741 leituras)
1 e-livros (154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:18)
Fernando Tanajura