Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não Tinha Marta Diaz Fonty /Zelisa ( Dueto

 

NÃO TINHA ...

Eu não tinha este coração
tão ferido...mudo...ardente.
Estas mãos vazias...
Os olhos pulverizados
de tanto olhar sem ver
E a boca muda

e cheia de palavras sem rumo E este rosto de impressões,
mudanças e serenidade...
Polvorento e abandonado...
Sou uma mulher apoiada contra o destino.
Sem sentir a mudança...
Tão verdadeira e doentia...

E me pergunto...
Onde está...onde se perdeu
aquilo que acreditei invencível
e, talvez, imortal...e já não tenho?

marta diaz fonti

 



EM RESPOSTA A TI

ZELISA CAMARGO



Marta, o tempo e as decepções

dilaceram nosso coração

deixando um sabor amargo de fel.

Nossas lágrimas descem serenas

pelas madrugadas onde nosso cantar

é mais profundo e dolorido

e a verdade do sentir aflora

jogando em palavras a nossa essencia

verdadeira.

Não chores minha criança que amo,

siga teu viver e traga a esperança

para dentro de ti na espera

de um novo amor que venha levar te

aos ceus e a toda maravilha

que é o amor.

Amanhã é teu dia e nunca sera esquecida

pelos que te amam

e desde hoje quero desejar a ti

minha grande poeta toda paz do mundo,

todo amor que possa brilhar e dar -te

o encanto de viver e esse sorriso volte

ao teu rosto fazendo-te mais mulher,

mais linda de todas as mulheres

Minha Deusa da Poesia

que eu admiro imensamente

e por ti tenho uma imensa estima

e amor.

Parabéns minha grande amada.



zelisa camargo

08.01.05

19.30





ZEL
Enviado por ZEL em 13/02/2005
Código do texto: T4355
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33940 leituras)
8 e-livros (803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:55)
ZEL