Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A melhor coisa do mundo

A melhor coisa do mundo é ser poeta
Brincar com as cores
Com os sons
Faço milhares de tons
Crio sabores, odores (gosto de orvalho).
Texturas (lábios textura de pitanga)

Ser poeta é muito bom
O “S” é uma cobra coral
O belo tem cara de mar da Baía

Ser poeta é configurar
Uma realidade menos morta
É utilizar milhares de máscaras
É ser um lobo
Ou a dezena de cordeiros devorados pelo lobo

Ser poeta é nascer
Morrer
Pós-morte
Ser poeta
É raro e sorte.
Deijair Miranda
Enviado por Deijair Miranda em 20/08/2005
Código do texto: T43943
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deijair Miranda
Pojuca - Bahia - Brasil, 41 anos
116 textos (5514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:46)