Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Com a minha

Agora é o caos
Cabral e suas naus
Vieram os Caminhas, Coelhos, Mirandas
Ganhar a vida fácil nessa banda

Acharam, descobriram:
A mata não é mais virgem
A Índia (índia) não é mais virgem

Perdemos a virgindade
Sob a benção da Virgem Maria

Que triste dia!
A aldeia perdeu a alegria
Vieram gonorréia e difteria

Triste Brasil, triste Bahia!

É o descobrimento do Brasil
É o desmatamento do pau –Brasil

Gritou o Curumim: Só não quero que me chamem
                               Comer peixe, tomar banho
                               Colher a raiz do inhame.
Gritou o Guerreiro: Vamos para a guerra
                                Pode ser Vera Cruz, Brasil ou Santa Cruz
                                Pois é a nossa terra
                                Nada disso me seduz
                                Estou com medo desse homem pendurado na cruz
Gritou o Pajé: Jesus, Jesus, índio bonito dos olhos azuis.




Deijair Miranda
Enviado por Deijair Miranda em 24/08/2005
Código do texto: T44672
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deijair Miranda
Pojuca - Bahia - Brasil, 41 anos
116 textos (5514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:59)